A endometriose é uma condição que pode afetar as mulheres em idade reprodutiva. Esta patologia se desenvolve quando o endométrio ou mucosa uterina aparece e cresce fora do útero, principalmente nos ovários, trompas de Falópio, bexiga ou até o intestino.

Essas “ilhas” de mucosa uterina reagem ao ciclo hormonal como o próprio útero. Isto significa que sangram, também, durante cada período menstrual.

No entanto, uma vez que o sangue não pode fluir através da vagina, em seguida, se estagna e forma, com o tempo, os cistos cheios de sangue, os quais se solidificam e se convertem em uma substância castanha avermelhada (chamados “cistos de chocolate”).

Estes cistos vão aumentando de tamanho em cada nova menstruação, dilatando os órgãos nos quais se estabelecem e os desgastam, o que causa dor, que aumenta em cada ciclo menstrual. A endometriose produz, por vezes, excrescências nos ovários, que podem impedir a ovulação e o transporte dos óvulos de acordo com o local onde se encontram e, muitas vezes, causam infertilidade. Entre os sintomas de endometriose, temos os seguintes:

  • Menstruação ou descarga de sangue intensa.
  • Cólicas que se estendem do abdômen inferior até as coxas e as costas e que impedem a execução de atividades cotidianas como trabalhar, praticar esportes ou sair normalmente e obriga a manter um repouso absoluto.
  • Dor ao defecar e ao manter relações sexuais durante os dias anteriores à menstruação.
  • Tonturas, náuseas ou vômitos nos dias que antecedem a menstruação.

Remédios naturais para aliviar os sintomas de endometriose

  • Prepare um suco com os seguintes ingredientes: uma fatia de abacaxi descascado, uma maçã e um copo de suco de soja sabor maçã. Passe o abacaxi pelo extrator de suco, e depois a maçã. Misture com o suco de soja. Sirva imediatamente e tome um copo por duas semanas seguidas e descanse uma. A soja ajuda as mulheres com problemas ginecológicos.
  • O dong quai é uma planta utilizada durante séculos na medicina tradicional chinesa para aliviar e combater doenças ginecológicas como a endometriose, já que contém fitoestrôgenos naturais que atuam como reguladores hormonais femininos. (Disponível em lojas).
  • Prepare um chá com 2 colheres de sopa de camomila em uma xícara de água, que deve ferver por 5 minutos. Beba um copo quando sentir a dor causada pela endometriose.
  • Prepare um chá com 3 colheres de sopa de gengibre em um copo de água que deve ferver por 5 minutos. Tome um copo quando sentir náuseas devido à endometriose.
  • Aplicar acupressão pressionando a cinco centímetros do osso do tornozelo e na base onde se encontram os ossos do seu polegar e do seu indicador. Pressione o mais forte que puder até que a pele fique rosada e se sinta muito quente, mas não queimando.
  • Recomendações para mulheres com endometriose

    Procure um médico, assim que aparecerem os primeiros indícios a fim de confirmar a existência da endometriose (por exemplo, fluxo menstrual cada vez mais doloroso).

    Mantenha um calendário. Recomenda-se utilizar um calendário onde se anota quando pioraram os sintomas e quando apenas foram perceptíveis, para em seguida observar qual foi à dieta e a atividade realizada nesses dias. Desta forma, você pode evitar os alimentos e exercícios que possam de alguma forma, agravar a dor.

    Bloquear, de forma natural, a prostaglandina. As cólicas e dores menstruais ocorrem quando o organismo produz muita prostaglandina. Esta é um hormônio no revestimento do útero, que estimula os músculos uterinos levando-os a trabalhar mais causando, por sua vez, as cólicas. Portanto, recomenda-se comer mais peixe, já que contêm ácidos graxos Omega-3, que suprimem a produção de prostaglandina.

    Adicione um pouco de calor. Aconselha-se para aliviar as cólicas menstruais e a dor na região lombar causada pela endometriose a colocação de uma bolsa de água quente e tomar bebidas quentes para relaxar os músculos contraídos em seu abdômen.

    Faça exercício para encontrar alívio. O exercício diminui a quantidade de estrogênio no sangue, o que pode reduzir o crescimento da endometriose. O exercício, também, aumenta a produção corporal de endorfinas, substâncias naturais que bloqueiam a dor. Neste sentido, recomenda-se fazer exercícios leves, como caminhar, porque os muito exigentes podem ser contraproducentes.

    Suspenda o consumo de cafeína. A cafeína contida nos refrigerantes ou café pode agravar a dor em algumas mulheres. Portanto, recomenda-se, evitar o seu consumo.

    Consuma alimentos com fibra. As fibras fazem com que as fezes tenham uma consistência firme e passem com facilidade, o que é especialmente importante se o tecido endometrial está invadindo a área intestinal.

    Deixe livre o fluxo menstrual. O uso de tampões parece contribuir para o aparecimento de fortes dores menstruais, devido ao entupimento da vagina como se fossem uma cortiça. O melhor é o uso de toalhas higiênicas, as quais permitem que o fluxo menstrual saia livremente reduzindo a dor.

    Use um lubrificante natural. As mulheres com endometriose, por vezes, têm dificuldade de engravidar. Em vez de usar o petrolato para se lubrificar, é aconselhável utilizar clara de ovo, já que o petrolatum pode matar o esperma enquanto que às claras, não.